Todo projeto começa com uma ideia. Aquela cena clássica da lâmpada se acendendo indicando que ali naquela mente chegou uma ideia fantástica nos faz pensar sobre como temos ideias o tempo todo.

giphy50

O mundo das ideias é muito legal. Pensar não dá trabalho, pelo menos não quando pensamos em coisas que queremos. Mas, você sabia que muitos projetos começam e terminam ali mesmo, no campo mental?

Ser criativo é parte de ser humano. O ser humano gosta de criar, é da sua natureza. Além disso, ter ideias é algo que pode ser treinado. Isso mesmo que você leu! Ter novas ideias não é um dom, é um comportamento que pode ser treinado e estimulado. Se você se obrigar, por exemplo, a escrever 50 ideias por dia, com o tempo você passa a ter mais e mais ideias. Há quem chame isso de “exercitar o músculo das ideias”. Isso desmitifica a falsa crença de que para inovar e ter boas ideias é preciso nascer com um dom.

A mente realiza tudo perfeitamente de uma vez

Quem nunca se pegou imaginando uma casa dos sonhos, um emprego dos deuses, ou mesmo uma aposentadoria precoce? A mente é capaz de formar projetos maravilhosos, com alto índice de perfeição já no primeiro lampejo de imaginação. É por esse exato motivo que muitos projetos não saem do campo mental. Fazer dá trabalho e o corpo é preparado biologicamente, há séculos e séculos, a permanecer na zona de conforto. Além deste fator, o medo de reprovação e do fracasso é grande, o que não deveria ser, como já vimos (se você não viu o texto onde eu falo sobre derrotas, acesse este link aqui).

Então, basicamente, evitamos fracassar e não recebermos aprovação por algo que vai dar trabalho desenvolver. 

giphy51

A cabeça e seus truques maquiavélicos

Outro fator que costuma nos impedir de colocar nossos projetos em prática é a falsa sensação de que, planejando, estamos fazendo alguma coisa. Planejar é muito importante. Grandes empresas já foram à falência por falta de planejamento estratégico, por exemplo. Porém, um negócio de sucesso deve conter planejamento, ação, controle e novamente planejamento (falaremos sobre isso em um outro texto). Somente planejar não basta. Manter seu projeto apenas em pensamento nunca vai te levar a lugar algum enquanto você não começar a agir. 

giphy52

A cada dia que você pensa em seu projeto, em como ele seria ótimo, em como você poderia estudar marketing ou qualquer outra coisa, mas não coloca em prática, sua cabeça pensa: “trabalhamos muito hoje”. Entretanto, quando você vê, não fez NADA pelo seu objetivo.

Quem se lembra do Google em 1998?

Há 20 anos atrás, o Google apresentava uma interface muito diferente da que se mostra hoje. Não tinha os botões “estou com sorte” e “pesquisa google” como existem hoje. Além disso, havia a versão beta. Caso você não saiba, versões beta são versões lançadas para que as pessoas possam testar e contribuir com o aperfeiçoamento do produto. Se Larry Page e Sergey Brin (os fundadores do Google) não tivesse arriscado, talvez ficassem imaginando como o Google seria, até hoje. Se o medo de fracassar, o medo da aprovação alheia os tivesse convencido, talvez não teríamos hoje a maior plataforma de pesquisas na internet.

Este slideshow necessita de JavaScript.

(Clica na setinha pra direita pra ver o que acontece)

Se você age, tudo muda!

Já aconteceu de você se propor a fazer algo e parecer que o universo inteiro está conspirando a favor? Isso costuma acontecer. Seja pela explicação esotérica ou pela psicológica, é comum estarmos mais atentos aos sinais que a vida nos dá (ou oportunidades que surgem) quando agimos em direção a algo. Você decide ir se matricular na academia e de repente uma promoção é ofertada. Você inicia um blog para falar de um assunto que gosta e consegue bons descontos em planos de assinatura, consegue ajuda daquela pessoa que tem domínio em tecnologia. Quando a gente decide agir fica mais fácil identificar e aproveitar as oportunidades!

Estamos sempre esperando o momento certo

Se todo esse texto não te fez ter coragem de executar seus planos, vamos pensar um pouco juntos. Você trabalha a 30 km da sua casa. Para executar este trajeto, você pega 1 ônibus e 1 metrô, totalizando em 120 minutos de trajeto contando com as caminhadas. Se fosse de carro, este trajeto seria feito em, no máximo, 60 minutos, ou seja, METADE DO TEMPO. Você decide então comprar um carro! Mas hoje você só tem 10 mil reais na conta. Você resolve esperar mais dois anos para poupar 20 mil reais e comprar um carro popular novo à vista. Mas um fusca ia cumprir esse objetivo! Um fusca de 10 mil reais costuma estar em excelente estado. Então, ao invés de resolver o problema que era o tempo gasto no deslocamento, você esperou tempo demais para que seu problema fosse resolvido da maneira mais “perfeita” possível.

O bom é inimigo do perfeito

Você pode alegar que gastará mais dinheiro no exemplo dado no tópico anterior. E eu também posso alegar que o tempo que você vai economizar, se comprasse o fusca, valeria mais que os 10 mil reais investidos nele. Muitas vezes, queremos começar nossos projetos depois de refiná-lo várias e várias vezes na nossa cabeça. Mas veja só, que ironia: o Fusca te leva ao mesmo lugar que a Ferrari. Comprar um carro mais barato não te impede de comprar outros depois, entende? A nossa mente costuma ser muito extremista, radicalizando nossas atitudes, como se elas fossem as últimas que tomaremos.

Empreendedores e MVP

No mundo do empreendedorismo é muito comum uma empresa começar com um produto que contenha apenas o básico do básico. Neste mundo, quando um produto é lançado ao mercado, para depois ser aperfeiçoado com o tempo, eles chamam este primeiro produto de Mínimo Produto Viável (MVP). O MVP contém o mínimo de requisitos que o produto precisa para atender às necessidades essenciais do cliente. Transferindo este conceito para exemplos da nossa convivência, vamos ver um exemplo. O objetivo principal do Youtube é servir como plataforma de vídeos para seus usuários, onde eles possam assistir a conteúdos produzidos por outras pessoas. Entretanto, ele oferece uma série de outras funcionalidades, como:

  • Montar playlists com diversos vídeos
  • Receber notificações quando há um vídeo novo em um canal onde você é inscrito
  • Se inscrever em um canal que você queira acompanhar
  • Oferecer uma plataforma para que seu usuário também possa produzir conteúdo
  • Compartilhar os vídeos que assistimos

Quando o Youtube foi lançado, lá no ano de 2005, ele não tinha todas essas funcionalidades, mas mesmo assim as pessoas começaram a usar e gostaram. O que quero exemplificar com o Google, o Youtube e o Fusca é: FAÇA, FAÇA, FAÇA!

Se você não executar seu projeto, ele nunca sairá do papel! Não espere o momento certo para fazer, pois o momento certo é AGORA! Ajustes sempre serão feitos, afinal, seus clientes mudam, você muda, tudo muda, O TEMPO TODO! Então, simplesmente faça! Na vida você pode se arrepender de tudo, mas convenhamos, é melhor se arrepender de ter feito algo do que nunca ter tentado, não é mesmo?

giphy54

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s